Concretização do apagão de ideias

Hoje mais cedo escrevi a postagem abaixo, falando sobre o apagão de ideias na política. E tal apagão de ideias continua. Senão, vejamos:

  1. No twitter, a maior preocupação daqueles que são contrários ao atual governo estão fazendo questão de dizer que Dilma disse, há duas semanas, que não haveria apagão. Ora qualquer pessoa com suficiente bom senso sabe que ela estava usando a palavra “apagão” no sentido de racionamento, como o havido em 2001-02, e não no sentido do apagão de ontem à noite.
  2. Por que aqueles que querem usar o apagão de ontem como argumento para criticar o governo não falam nada dos apagões — e não racionamentos — que também acontecem em outros países? Já se esqueceram do apagão nos EUA-Canadá logo após o 11 de setembro? Ou na Itália? Na França? Isto para ficar apenas com países desenvolvidos, sem falar de apagão na Venezuela ou na Argentina.

Em suma: o apagão de ideias faz com que apenas críticas — eleitoreiras — sejam feitas. Uma pena.

0 comentário sobre “Concretização do apagão de ideias

  1. Pingback: Trackback

Deixe um comentário:

%d blogueiros gostam disto: