Irresponsabilidade do presidente

No Rio, Lula diz que pobres também devem ter carros“.

É verdade que o consumo interno foi o grande responsável pelo Brasil não ser tão afetado pela crise internacional como foram os EUA e a Europa.

É verdade que o governo brasileiro tomou medidas rápidas contra a crise, também contribuindo para o Brasil não se prejudicar tanto com a crise.

Contudo, acredito ser irresponsável a frase acima, dita pelo presidente Lula. E isso pelo motivo mais óbvio de todos: preocupações com a qualidade de vida do cidadão.

Não, caros leitores: não irei aqui falar sobre aquecimento global e coisas do tipo. Acho que isso é óbvio para todos: quanto mais carros e quanto mais petróleo produzido, mais poluição e mais problemas ambientais. Isso todos sabem.

O problema é o presidente vir para a mídia e incentivar indiretamente o consumo de automóveis. Disse o presidente: “Nós, prefeitos e governadores temos que construir mais ruas”, e é aí que mora o problema: mais carros nas ruas significa mais engarrafamentos, mais tempo perdido no trânsito, mais estresse… Em resumo: mais carros significa mais problemas para o cidadão.

Surpreende-me a irresponsabilidade com que o presidente Lula faz afirmações desse tipo — “é necessário que todos comprem carros” — justamente em um momento em que todos aqueles que fazem planejamento urbano mostram que o ideal é investir em transporte público. Ou será que Lula não sabe que carros, direta e indiretamente, são responsáveis pelas tragédias ambientais ocorridas neste ano, especialmente no Sudeste do Brasil?

Irresponsabilidade. Nada mais além disso.

Deixe um comentário:

%d blogueiros gostam disto: