Lula e os Direitos Humanos

Obs.: volto depois para comentar.

Comparação de Lula entre Brasil e Cuba causa polêmica em Brasília
Lula comparou presos políticos de Cuba a bandidos brasileiros.
Comparação foi feita em entrevista à agência de notícias Associated Press.

Provocou fortes reações em Brasília uma declaração do presidente Lula comparando presos políticos em Cuba a bandidos no Brasil. A comparação foi feita durante entrevista exclusiva à agência de notícias Associated Press.

O presidente Lula disse que greve de fome não pode ser pretexto para libertar pessoas em nome dos direitos humanos, referindo-se aos dissidentes cubanos, e questionou como seria se todos os bandidos presos em São Paulo fizessem greve de fome para pedir liberdade.

Para a oposição, a comparação é descabida e oportunista. “Quem tem compromisso com os direitos humanos critica a situação dos presos no Brasil e denuncia a situação dos presos lá em Cuba. Quem não tem usa a situação dos presos daqui para defender a tirania e os tiranos lá. Isso é oportunismo, isso é cinismo não é compromisso com os direitos humanos”, disse o deputado Raul Jungman (PPS-PE) da Comissão de Relações Exteriores.

“Ou o presidente Lula se expressou mal ou ele não foi compreendido, porque é claro que ele compreende a diferença entre um preso político e um preso comum. Nós inclusive não aceitamos que alguém seja preso apenas porque é oposição ao governo, sem ter cometido um crime”, rebate o deputado Maurício Rands (PT-PE) também da Comissão de Relações Exteriores.

A declaração do presidente Lula foi feita no mesmo dia em que dissidentes políticos anunciaram mais um pedido de ajuda. Querem que o presidente interceda para acabar com a greve de fome de Guilhermo Fariñas, que começou no dia 24 de fevereiro, logo depois da morte do preso político Orlando Zapata, que também fez greve de fome.

O Palácio do Planalto negou que tenha recebido o pedido.

(Original aqui.)

0 thoughts on “Lula e os Direitos Humanos

Deixe um comentário:

%d blogueiros gostam disto: