Campanhas: Dilma arrecada 70% a mais que Serra

A campanha da candidata petista à Presidência, Dilma Rousseff, arrecadou quase 70% a mais do que a do candidato do PSDB, José Serra.

Enquanto o comitê de Serra vai fechar a segunda prestação de contas da eleição com R$ 29,5 milhões, os responsáveis pelas finanças da petista informam hoje ao Tribunal Superior Eleitoral uma arrecadação de R$ 50 milhões.

A arrecadação de Dilma em agosto, de doações de 180 empresas, foi quatro vezes maior do que a de julho. As despesas somam R$ 40 milhões, incluindo cerca de R$ 14 milhões com produção de programas de rádio e TV. A petista gasta uma média acumulada de R$ 500 mil, a cada dez dias, com transporte.

O comitê de Dilma reembolsou a Presidência da República em R$ 280 mil, referentes às despesas do presidente Lula em eventos de campanha.

Em julho, outros R$ 58 mil foram ressarcidos. As doações pela internet atraíram apenas cerca de 850 pessoas, que deram R$ 90 mil à campanha do PT.

Dos R$ 50 milhões, cerca de R$ 6 milhões foram recebidos por meio do PT. Dessa forma, o partido recebeu a doação eleitoral e fez o repasse para a campanha.

Na prestação de contas final, esses doadores terão de ser identificados, por determinação de TSE, que acabou com as doações ocultas.

O valor obtido por Serra, de R$ 29,5 milhões, foi oito vezes maior do que o registrado no início de agosto, quando a campanha divulgou ter recebido R$ 3,6 milhões.

A quantia equivale só a 16% do orçamento total (R$ 180 milhões) estimado para a campanha de Serra apresentado à Justiça Eleitoral em julho. Serra é o único candidato que não adotou um sistema de doação pela internet.

Na primeira prestação de contas, Serra foi o candidato com pior desempenho: Dilma teve R$ 11,6 milhões, e Marina Silva (PV), R$ 4,7 milhões.

O PV de Marina Silva informará só hoje quanto arrecadou. O tesoureiro Alvaro de Souza havia estimado sábado que a campanha deve arrecadar o dobro do que conseguira em julho (R$ 4,65 milhões).

O que deverá elevar os valores recolhidos pelas três principais campanhas a presidente a cerca de R$ 88,7 milhões.

(Original aqui.)

Deixe um comentário:

%d blogueiros gostam disto: